SAC LOJAS: (12) 3925-2627 | SAC E-COMMERCE: (12) 3932-1455

Como escolher o melhor calçado infantil?

A moda infantil está cada vez mais encantadora. Com a democratização das ferramentas de vendas pela internet e mídias sociais, a cada estação, novas marcas disputam o mercado com belíssimas propostas de produto.

Em se tratando de calçados infantis, não é diferente.

E é cada sapatinho lindo, que as mamães e papais de plantão, não resistem: querem ver seus pequeninos na última moda, arrasando em seus looks mirins!

Mas como escolher o calçado certo para cada etapa do crescimento infantil?

Veja agora como fazer escolhas acertadas de acordo com as fases das crianças.

Calçados para bebês: os primeiros passos

Esta é provavelmente a escolha que exija mais atenção. Isso porque, a criança está em fase de aprendizado no caminhar.

O calçado errado, pode atrasar seu desenvolvimento ou até, em hipóteses extremas, provocar lesões na criança. Mas afinal, como escolher sapatos para bebês?

Mostramos agora, alguns pontos de atenção necessários:

Atenção à forma

Bebês que ainda estão aprendendo a andar, tem os pezinhos em formato de “leque”, ou seja, mais fininho no calcanhar e espalmado nos dedinhos.

Quando crescemos, esta proporção muda, nossos pés passam a ser mais retinhos e essa diferença de largura, diminui.

Ou seja, esqueça as formas retas. Repare no formato do solado e verifique se ela segue este formato, que lembra um leque.

Evite palmilhas chapadas

Nesta fase em que a criança está aprendendo a caminhar, é importante que os calçados infantis masculinos e femininos tenha algum “desnível” na base. O ideal é que, quando os olharmos de lado, possamos ver uma certa “onda” no formato. A pisada chapada prejudica a evolução do caminhar da criança, e esta curvinha, ajuda a impulsionar os passinhos dos aprendizes.

Dedinhos protegidos

Como o bebê não tem ainda a completa noção do espaço que ocupa, é comum que se depare com colisões e quedas. Por isso, é importante proteger os dedinhos. Tudo bem optar por sandálias fresquinhas, que deixem as pontinhas descobertas, por exemplo. Mas fique atento a maneira como o cabedal (que é a parte de cima do calçado) se comporta. O ideal é que cubra boa parte dos dedinhos, mas sem apertá-los.

Calcanhar macio, mas não em excesso

O ideal é que o calcanhar não seja extremamente molinho. É importante a criança sentir uma certa rigidez no apoio, a fim de evitar torções.

Mas também não se pode exagerar na medida para não causar desconforto.

Aqui, o caminho do meio é o mais indicado.

Evite solas muito grossas

É importante que as crianças em fase de aprendizagem, reconheçam os terrenos em que estão pisando. Solados grossos, ou mais especificamente, maiores do que um centímetro, ou um centímetro e meio, podem anular esta importante percepção do solo. Além disso, se analisarmos as devidas proporções, é como se a criança estivesse usando uma espécie de salto plataforma, o que pode causar acidentes por desequilíbrio.

Materiais ideais

Dois pontos devem ser observados com relação aos materiais quando se procura escolher o melhor calçado infantil.

O primeiro diz respeito a maciez e flexibilidade. É importante que o material não seja totalmente rígido, a fim de que possa permitir movimentos mais naturais, e não apertar os pezinhos da criança.

O outro ponto, diz respeito a capacidade de permitir aos pés que possam respirar. Crianças costumam transpirar muito, e abafar seus pés pode causa fungos, provocar chulé e trazer desconforto.

O ideal é, sempre que possível, optar por calçados feitos com materiais de origem natural, como couro legítimo ou algodão, evitando-se assim plásticos e outros materiais sintéticos.

Calçados para crianças que já caminham

Crianças maiores, que já passaram da fase de aprender a andar, tem o costume de explorar tudo com entusiasmo e certo ímpeto apressado. É comum que tenham necessidade de correr, e não se preocupar com os obstáculos do entorno.

Apesar de ser justamente esta a beleza da infância, é preciso fornecer ferramentas para que as crianças aproveitem e explorem ao máximo esta fase de descobertas.

Solados com textura

Evite calçados com solados muito lisos. A correr, ou caminhar mais desatentos, isso pode lhes ocasionar escorregões e quedas.

Prefira as bases emborrachadas, e com texturas não lineares. Isso ajuda á aderência da base no solo.

Sapatos com fechamento ajustável

Os calçados que possuem fecho ajustável, como cadarços ou velcros, são bem vindos, uma vez que os pés ficam firmes, protegidos, mas ainda preservam certa margem de ajuste de largura.

Os tênis são os ideais neste sentido, pois proporcionam liberdade de movimento a criança, proporcionando firmeza na pisada e proteção da pele, mas sem excluir o conforto.

Crianças podem usar salto?

É muito comum que crianças procurem “imitar” o entorno, e se inspirar pelo ambiente em que vivem.

Sendo assim, não é de se estranhar que tenham verdadeiro fascínio por experimentar coisas que viram a mãe, ou outras referências mais velhas, usando.

Porém, é recomendado ser firme com relação a este ponto: o ideal é que crianças, até que alcancem a puberdade, não usem saltos, de nenhuma altura.

Além de algumas questões psicológicas que tangem fatores de adultização precoce, existe também a questão da saúde da criança.

Ortopedistas esclarecem que a criança está em pleno desenvolvimento muscular e ósseo. Nesta fase, há risco de que os saltos façam com que as estruturas ósseas evoluam de forma inadequada, o que pode causar uma serie de transtornos físicos, como lordose, além de outras deformidades na coluna e nos pés.

O uso de sapatos de salto por crianças também pode afetar a postura, o equilíbrio e a própria mobilidade dos pés, prejudicando o jeito de andar.

Procure conhecer as marcas que consome

Apesar da enxurrada de marcas disponíveis no mercado, é importante pesquisar sobre a procedência das mesmas.

Quando se trata de vestir e calçar os pequeninos, faz necessária atenção redobrada á forma e materiais com que o produto é elaborado.

Sempre que possível, pesquise a respeito.

Marcas de tradição, já consagradas no mercado infantil, costumam ter seus padrões de qualidade rígidos, e possuem maior transparência em suas cadeias produtivas.

Quer conhecer boas marcas do segmento infantil, e com preço pra lá de justo? Acesse a seção de calçados infantis no site da Oscar e veja algumas das melhores marcas infantis do mercado.

Publicações que você pode gostar: